TEU PRESENTE

                
Em minha poesia você está contida
Do inicio, meio até o final dela!
Você é a rima da minha vida
E é a minha frase mais bela!
Fernanda você disse:
Que adora meu poema
Antes eu achava uma tolice
Mas agora é um problema...
Pois em minha poesia
Eu presenciei um nascimento
Pois enquanto nela você nascia
Pressenti um bom momento!
E comecei a escrever
Num jorrar de inspiração...
E sem ao menos perceber
Empolguei-me a dar cor a emoção!
E toda vez que me responde
Alimenta o meu desejo
O destino faz de nós um esconde-esconde
E em meus sonhos o seu beijo!
Ai adorável Fernanda!
Sinto em meu coração tamanha dor
Compreendo que a fila anda...
Mas é a passos de um trem a vapor!
Caso chegue a minha vez
Ao escolher seu acompanhante
Acorrentada como sempre a lucidez
Seja eu o teu presente!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas