Fascínio


Seus passos na calçada
Como sussurros ao pé do ouvido
Desfilas tão isolada
Sem propósito e sem sentido.
Teu semblante sensibiliza e nos toca
De um jeito extremamente angelical
Os seus lábios nos dão água na boca
Que a beijo numa realidade virtual.
É tanto que deixa o fascínio fascinado
E o mesmo digo ao encanto encantado
E ao frágil sexo masculino...
Incrivelmente apaixonado!
E se hoje vens foi porque outrora fostes
E quando não passas por aqui me desespero
Mas quero que em sua agenda anotes
Que aquele meu olhar pra ti deveras fora sincero.
03/03/1992
(OSA)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas