Mamãe



Estamos aqui para homenagear
A progenitora de nossa vida!
Acode-nos quando a chorar
Ou quando febris estamos ainda!

Não faz muito tempo
Nem existíamos se quer...
E então neste momento
Viemos homenagear esta mulher!

E agora estamos lendo
Esta linda poesia
Eu sei... E compreendo,
O tamanho de sua alegria!

Só não quero que chores
E nem de lágrimas encha teus olhos,
Do teu jardim nós somos as flores
E nosso destino faz parte de teus sonhos!

Lembras mamãe que outro dia
Andei pela primeira vez,
Fez do nosso lar uma abadia
E na escola dou um passo a cada mês!

Sei que quando um pedido impõe
Nos arriscados caminhos meus,
Está nos fazendo um favor mamãe...
Como os outros anjos de nosso Deus!
 (Autor: Alves, Osny de Souza.)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas