LETRAS

As folhas já apagadas
Castigadas com o tempo
As linhas bem fatigadas
Como ficam as de um testamento
Uma pétala de rosa
Entre as folhas que vão passando
A coitada já idosa
Com a data em si marcando
É uma poesia que fica escrita
É a assinatura do autor
Das poesias é a mais bonita
E bem mais feita com amor
São as paginas que expõe
É a tinta a expressar
São as letras que se unem
No acontecimento a relatar.
O livro inacabado
Traz-nos ao coração
O desconhecido isolado
De imensa ingratidão.
(OSA)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas