Ontem Ouvi Você Chorar


Ontem ouvi voce chorar
E foi pela primeira vez
E eu não tinha como lhe abraçar
E presos pela distancia voce se desfez!
E não importaram suas lástimas
Eu não soube o que falar
E ao imaginar as suas lagrimas
Segurei-me para não chorar!
Voce sussurrou em meus ouvidos
E perguntava-me: por quê?
Não foi assim que sonhei ouvir os teus gemidos
E engoli seco sem saber o que lhe dizer...
Então ouvi voce chorar ao volante
Pela perda irreparável do seu amor
E eu aqui de mãos atadas... Distante...
 Sem ter como aliviar sua dor.
Então imaginei
Escrever-lhe um poema
Ao fundo cantava ColdPlay
“The scientist” Marcou-me esta cena.
Enquanto dirigia nessa estrada escura
Com o coração enegrecido pela tristeza
Queria lhe afagar de forma segura
Supliquei a Deus para manter a lua acesa!
Para iluminar o seu caminho
E com o seu grandioso poder e brilho
Ele ouviu a minha prece com carinho
E pra lhe dar mais segurança mandou o seu filho!
Que acompanhasse a essa mãe
Até a porta do seu lar,
Ele me disse: Minha criança durma bem...
Pois esta filha... Eu já estou a guardar!
Então desliguei o telefone
Com a certeza da prece atendida...
Pois Nanda em seu nome
Já tem bênção emitida...
(OSA)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas