segunda-feira, 25 de abril de 2016

AFINAL O QUE É CULTURA?

Talvez seja sinônimo de sepultura!
Dão se mais valor aos que já descansaram
Dessa vida hipócrita e absurda...
Enquanto vivos e sem fama nada valiam.
Hoje após seu descanso,
São tidos heróis cândidos da literatura!
São seguidos e imitados por sua postura...
Qual postura? Eram pessoas normais como eu e você.
E hoje especiais é o que descrevem por aí....
Afinal o que é cultura?
Erudição, sabedoria, estudo, sapiência,
Competência, saber, instrução e conhecimento.
É de dar pena quando leio a frase:
- Até que enfim um pouco de cultura...
Pobre alma de total atraso, inscício, desinformado,
E uma bronquice de uma insciência bruta e inculta
Com desconhecimento da palavra em si...
E uma ignorância analfabetizada e de rudeza estupidez.
Leiguice.


Osny Alves 

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Vestido de Lama















 Ah Cristo Redentor
Não se vestira de lama,
Não se importa com a dor
Deste  teu povo que clama!

Quanta gente soterrada
Quanta vida ali perdida
Quantos bens quanto estrada
Tanto estrada quanto vida!
Quantas cidades inundadas
No lamaçal da irresponsabilidade
Vilas inteiras afundadas
A Pompéia de nossas cidades...
O Vesúvio entrou em corrupção
Desde
Brasília à Mariana,
Mas muitos dessa nação
Vestem-se de
França...
Mas não de lama!
Osny Alves

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Se É Fácil Amar....

Que o amor nos levite 
de maneira sublime 
e que o coração nos convide
para um romântico filme...
Se é fácil amar,
que não haja ciúme...
Seja leve simples e rime.
Osny Alves 

sábado, 3 de outubro de 2015

Nos Teus Olhos

Quero pintar teu semblante da cor do alvorecer, e nos teus olhos, incríveis fogos de artifício! Ver teu lindo e bom sorriso, qual sol no meu amanhecer.
Osny Alves

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Meu Deus! Como Aquilo Era Bom....


         I
Hoje bateu uma saudade
Da sua risada mais gostosa
Daquela sua felicidade
Que só de pensar... Nossa!
         II
De quando eu pegava a sua nuca
Na saída escura do cinema
E virava para mim, a sua boca
E a beijava de maneira tão serena!
          III
A outra mão em suas costas palmeava
E a trazia bem juntinho a mim
Lembro-me agora que você amava
E antes d’eu pedir sua resposta era sim!
           IV
Das meninas dos teus olhos tão amenos
Dos lábios finos que mal cabiam o batom
E dos seus pés que eram tão pequenos
Meu Deus! Como aquilo tudo era bom!   
             V
Dos namoros às escondidas e escuras
Dentro do carro na beira da avenida,
Em frente ao shopping loucas travessuras
Caramba! Aquilo tudo que era vida!
              VI
E quando a despia com os meus olhos
Na viagem ainda dento do avião
Sei que isso ainda passa em teus sonhos
São fragmentos que vem e logo se vão!
                
Osny Alves

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

O Poeta


Sou o poeta a compor os seus gemidos
Com mãos firmes repletas de pegada,
Sou o cara que declama em teus ouvidos
E em todo o tempo a faz sentir-se amada!
Aquele que engata estrofe atrás de estrofe
E o que a faz uma poesia apaixonada...
Suspiros sei que serão bem mais que nove
E como eu nunca vira nessa estrada!
Eu escrevo anatomia em braile
E em seu corpo todinho eu componho,
Na cama proporciono um grande baile
E ao amanhecer pensará que foi um sonho!
E irá sentir-se uma poesia viva
Com declames por todo o seu corpinho,
Sua rima estará sempre ativa
Cheia de afeto, dengo e carinho!
Sou um poeta os seus gemidos a compor
Repletas de pegadas e firmes de mãos,
Que cria um poema vivo de amor
E transforma em sim todos os seus nãos!
E até aquela carência interminável
Que aflora e emana de teu ser,
Eu escrevo de uma maneira tão saudável
Que o seu jardim começa a florescer!
E minha pena a escrever pelo teu corpo
Escrevo lindo de maneira sedutora
Sua tez se arrepia pouco a pouco
E ao final diz que você é a minha autora!
Osny Alves


quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Seja Feita Sua Vontade

Ser rei do seu próprio “Eu”
É o sonho mais cobiçado
De quase todo ser humano,
Em seu reinado de vida “Perfeita”.
E não importa se é prejudicial
Ao seu próximo,
Desde que sua vontade
Seja aceita.

Osny Alves

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Sentimento Verdadeiro






Quero ser o seu melhor
e o que de maior valor lhe representa querida.
Quero ser o sentimento da chegada e não o aceno de uma despedida.
Quero ser aquele amor que é prioridade em sua vida.

Osny Alves

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

PAÍS IMAGINÁRIO

Quando ironizo a política brasileira, ou sou sarcástico, é porque eu não consigo ver esse País imaginário, que muita gente o vê fantástico.
Osny Alves

terça-feira, 11 de agosto de 2015


Talentos

Ai se a magia novamente voltasse
como já tive em minhas mãos um dia, 
e eu de novo me dedicasse
a tecer uma bela poesia!  
Não me sentiria esse mendigo
que apanho palavras soltas aqui e acolá, 
mas na verdade, na verdade eu lhe digo... 
Tudo passa e isso também passará!
Osny Alves

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

O Abraço do Teu Sorriso

Que o teu sorriso nos abrace com teu sorrir cativante, esse que hoje sorri com os olhos e com os teus lábios abraçam a gente. Osny Alves

terça-feira, 30 de junho de 2015

O Tal do Sonho


O tal do sonho é uma história engraçada,
Ele tira trechos de atos já acontecidos,
Não importa o dia, hora ou em que data
E monta tudo após termos adormecido.
Pessoas são faces de rostos registrados
Que a mente em algum período colheu,
Depois conta com o que tinha listado
Reproduz imenso ou qual um filme que encolheu.
Osny Alves

segunda-feira, 1 de junho de 2015

CARA METADE

Outro dia me indagastes
O que afinal pra ti eu sou
Vês a peça onde o engate
Com jeitinho ali travou?
Sou a sua cara metade
És a terra eu sou o mar,
Sua banda de abacate
Tu és a rosa eu sou o ar!
Sou a brisa mais sublime
Prontamente a te tocar
A canção daquele filme
Que você gosta de sonhar.
Sou o desejo proibido
Que tu tens dentro de ti
Sou o beijo concebido
O assovio do bem-te-vi.
Sou a roupa que tu vestes
O coração preso em teu ser
Mãos que teu corpo despem
O canto do galo no alvorecer!
Sou o anjo que te acompanha
Em todos os teus caminhos
E a razão de que mais sonhas
Sou a mão dos teus carinhos.
Eis tua pergunta respondida
O que mais queres saber?
Mesmo vivendo tua vida
Nunca deixei de te dar prazer.
Osny Alves

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Amar Usted

Quiero navegar
Un jardín de flores
Del todos lo amores
Dónde puedo amar!
Y el sabor de los colores
Que la vida tiene que dar
Que yo pruebe los sabores
Y decir ...
Qué tan bueno amar usted!

Osny Alves

quarta-feira, 6 de maio de 2015

LEVEZA

LEVELEVEZA

Que a sua vida seja leve e suave,
Tal qual uma flor no jardim...
Que seja regada de sol e de chuva
E que tenha um pouquinho de ti,
E outro pouquinho de mim.
Osny Alves
 

sexta-feira, 24 de abril de 2015

POR VOCÊ

Meu Filho (a) não se desespere...
Um milagre pra você já preparei,
Creia! Acredite, e tranquilamente espere...
Pois ao teu lado sempre estarei!
Mesmo nesta hora que te aflige
Andei sobre o mar... Curei milhares,
Enquanto outros curados ainda fingem
Que não existo, que foi o acaso, foram os ares...
Mas para quem crê
Sei que me vê
E estou aqui
Por você...
Osny Alves

sábado, 4 de abril de 2015

ZOOLOGICO DE São Paulo


Ontem fui ao zoológico
Vi estranhos animais
Também pudera, é lógico!
Que pleonasmo!
Onde eu iria mais?
Com dinossauro me deparei
Quase virei ovo de páscoa,
Por um instante eu gelei
Pensei... Logo isso passa!
O cara a minha frente
Ficou com imenso medo
Mas então de repente...
Alguém desligou nosso brinquedo
Sem graça....
Osny Alves

terça-feira, 31 de março de 2015

O Sol do Seu Olhar

É ao cair
do entardecer
na minha vida,
que espero
ardentemente
pelo nascer
esplêndido do sol
do seu olhar.
Osny Alves

sábado, 14 de março de 2015

SAUDADES DE MINHA MÃE


Ah! Que saudades ó mamãe
Pousou agora em meus olhos
Quando em minha mente põe
Qual o filme dos meus sonhos!
Nunca mais aqui nesta vida
Poderei estar nos braços teus
E saudoso estou de tua partida
Pois chamada fora por Deus.

Osny Alves

quinta-feira, 12 de março de 2015

Homenagem a minha mãezinha querida


FLORIANA

Ah minha florzinha querida

Que encantou a minha vida

E floriu o meu jardim!

Fora guerreira amazona

Lutara contra teu coma

Até a derradeira chegada do fim!


E fico eu aqui nesta hora

O meu rosto já embolora

Com as lágrimas que deixo aqui. 


Minha tristeza hoje me alcança


E sinto-me de novo criança


Cheio de saudades de ti.


Ah minha flor mais querida

Que os amores de tua face bendita

Perdurem em minha mente por fim. 

Quem perdeu uma mãe sabe


Dores de sentimento aqui não cabe


Neste meu coração carmesim.


Vai descansa agora tua luta


E toda a sua dor e labuta

Mas espera-me. 

Chegarei também neste fim.


Osny Alves


sábado, 28 de fevereiro de 2015

BICHO BRASILEIRO

Há quem diga que brasileiro
Não tem memória nem sabe votar,
Mas o bicho é encrenqueiro
E sabe muito é reclamar!
Há quem nunca lera um livro
Um capítulo, ou página sequer, 

Mas se for de sacanagem eu lhe digo:
No metrô e trens ali lê muita mulher! 

Não leem os de gramática
Só 50 tons até o terceiro,
História,  Bíblia e Matemática
Vivem fechados o ano inteiro!
E há quem diga que brasileiro
É a maior enganação,

O bicho sabe ser trambiqueiro
E essa fama suja a nação. 
Há muito aluno nas escolas
Mas estudantes só uns dois
Mas o que tem peso são as escolhas
mesmo assim empurram pra depois. 

Osny Alves