Bolinhas de Neve


Ah! Que magnifico!
           É poder erguer os braços e gritar
Vencer as barreiras do perigo
E por um instante imaginar...
Que somos os donos do mundo!
Mesmo longe de casa...
Que mesmo ali podemos tudo
Que onde estiver sou aquele que arrasa!
Vejam... posso tocar as estrelas!
Estou flutuando... Sou leve!
Tocando cada uma delas
Como se fossem bolinhas de neve...
De onde estou vislumbro essas luzes
Uma energia que por si se resume...
Por um instante me sinto nas nuvens
            Como se cada luz fosse um vaga-lume!
Estou nessa roda gigante!
Imaginando até onde eu vou
Mesmo pequena sinto me grande
Uma grandeza que Deus me deixou!
As pessoas que aqui vivem
Como árvores  criam raízes!
São mudas que em novos terrenos aprendem
E se tornam cada vez mais felizes!
Existe aquele que se torna uma folha...
Que no verão se desprende e cai!
Como bolinha de sabão flutua em bolha
Em estupendo estouro brilha quando sai!
(Autor: Osny  de S. Alves)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas