Gleicinha...




Papai do céu me pediu
Para eu lhe dizer hoje,
Que sua prece Ele ouviu
E a solução não está longe!
Ele disse para eu confortá-la
 Com as palavras do meu poema
Ele Disse para eu escutá-la
Sem sentir dó, misericórdia, ou pena...
Mas que se desse seria para eu ajudá-la
E que eu desse o meu ombro pra você recostar
E com muito tato para eu consolá-la
Se acaso Gleicinha você viesse a chorar!
Então venho agora virtualmente dizer
Que comigo sempre pode contar
Na hora do choro, da alegria ou do prazer
Papai do céu mandou eu lhe falar...
Que não se desespere
Não é para se irritar tanto assim!
Ele escutou hoje a sua prece...
Entre tantos outros anjos mandou a mim!
Ah! Gleyce querida
Eu venho primeiro lhe avisar!
Que o Senhor tem amparado a sua vida
Ele não manda provação que você não possa suportar.
Mas ao fim de tudo isso...
Será como sempre quis
Os seus sonhos eu não realizo
Só se for pra lhe fazer feliz!

 (OSA)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas