Libélula


Encontrei uma libélula
Atrás do meu pomar
Valiosa quanto a Pérola
Preciosidade de Itajubá!
Tamanha simpatia
Que me fez apaixonar
Em sua face alegria
Que se expandiu em pleno ar!
Tão linda ela pairava
Quando voou pelo jardim
E parecia até que ela estava
Ali procurando por mim...
Então eu desenhei
Estes versos na melodia
E logo que pude digitei
Nessa minha poesia...
Eu a vi pairar na água
Para refrescá-la do calor
Mas parecia estar com mágoa
Por ter perdido um grande amor!
A me ver leu em voz alta
Um encanto de magia
De paixão quase me mata
E dela eu sou desde esse dia!
Então pra longe essa libélula
Voou sem dizer adeus!
Mas aqui estou oh minha Pérola
Volte para os sonhos meus!
Postar um comentário

Postagens mais visitadas