Ternura

Imagem Google
Sempre quis você pra mim
Desde o dia em que eu a vi
E neste frio juntinho assim
Cálices de amor... Servi.
Beijos neste teu corpinho
Por pouco não sobrevivi
Perfumados com carinho
Que quase eu enlouqueci!
As flores que lá no paraíso
Encantou quem um dia as viu
Acharia esse seu sorriso...
Ainda mais lindo e gentil!
E este olhar que nos fascina
É quase a minha perdição
E por isso hoje ó menina
Eu lhe dou minha rendição!
Quero afagá-la com ternura
E meu coração lhe presenteio...
Abalará minha estrutura
Colocando-me junto ao seio.

Osny Alves
2 comentários

Postagens mais visitadas