CUIDA DE MIM


Como cuida bem de mim...

Tal qual cravo num jardim

Inteligente em excelência

Supre a minha carência!

Com seu jeito de zelar...

E alivia a minha sede

E na Cidade de Monte Verde

Com o seu doce beijar

Faz-me a muito delirar!

De um jeito fascinante...

E ao me encontrar carente

Pensa que eu estou doente

E me chama de “meu nego”

E me faz “o tal” chamego...

Para aí eu melhorar!

Mas é só ela quem consegue

E meu coração ela persegue

Até então o aprisionar

E sem muito lutar!

Sucumbo em seus braços...

Ingênua e inocência?

Que nada! Faço a minha reverência

 Pois um dia ela será minha...

E do lar já é rainha

Em meu ser já está a reinar!

Ela é tão dócil e bela

Mas também fica uma fera

Com coisas fora do lugar

Que chega a me assustar!

Mas acato as ordens dela...

Ela se faz de mandona

Mas eu a chamo minha dona

Mas na verdade quer ser cuidada

Idolatrada e amada...

Como toda mulher quer!

Eu a mordo no pescoço

E lhe faço um cafuné

Pois eu sou um bom moço

Ao massagear lhe o seu pé!

E o que eu quero é um beijinho

Recheado de emoção

Em troca dou lhe meu carinho

E também meu coração!
By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas