LINGUAGEM UNIVERSAL


Um dia pensei em escrever
Ser entendido em todos os idiomas,
Eu sei que não precisava saber
Todas as gramaticas ou formas...
Só queria fazer algo especial...
Onde as pessoas a lessem
Compreendessem e entendessem
Numa linguagem universal!
Da importância e da carência
Deste amor que perece a cada dia
De certo modo pela demência
D’um coração egoísta e alma vazia!
Onde as pessoas matam, pessoas morrem...
Onde elas fogem e se esgotam...
Não há descanso, só descaso, apenas correm!
Não se amam se suportam.
Então eu hoje escrevi.
A linguagem universal não é o amor!
Quando acabei eu percebi...
Que a tal linguagem hoje é da dor.
By Osny
1 comentário

Postagens mais visitadas