BORBOLETAS


Quando criança...
Corria pelos campos,
Cheio de esperança
Eu e outros tantos!
Sentindo o folego do vento
E o raio do sol em nossa face
A espalmar em nosso peito
Como se ninguém se odiasse!
Lá nos campos a plainar
Insetos tais quais estrelas,
Correr atrás e sob o voar
De belas e coloridas borboletas!
E hoje volto no tempo
Em minha lembrança ainda vejo,
Fragmentos do pensamento
Que realçam meu desejo!
E acompanhar daquele jeito
Aquelas lindas borboletas,
Um cenário tão perfeito
Que a mente ainda ostenta!
Trocaram o nosso campo
Por aquela cena que trazia paz
E hoje ficou o lamento
Pois borboletas...  Não vemos mais...
By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas