O Nobre e o Pobre

Vejamos o prato do pobre
Diferente do prato do nobre
No primeiro arroz com feijão
No segundo caviar, camarão!

Um bebe junto com a comida
Pra reforçar inchando a barriga
O outro, leves doses de vinho...                                                            
Combinando guardanapo de linho!

Um veste roupas de chita
O seu almoço é de marmita,
O outro, gravata de seda...
Tal a peça dela de renda!

Um desfila de carro importado
Tem chofer e terno engomado
O outro, de sandália alpargata...
Na conta bancária nunca tem nada!

E olhando o prato do nobre
Diferente do prato do pobre
Esse não deixa se quer um grão
E o outro esbanja, mas fecha a mão!

Um come pra não jogar
E come até o migalhar
O outro joga metade da janta
Posa de boa família e faz cara de santa!

E assim seguem o nobre e o pobre
Morrendo dizem: um desce outro sobe
Mas ambos sofrem da mesma paixão
Morrendo descem pra debaixo do chão.

By Osny Alves
Postar um comentário

Postagens mais visitadas