SUSPIRAM POESIAS

dizem que os poetas 
suspiram poesia
e que as moedas 
são frutos da alquimia!
mas ja faz dois dias 
que não tenho inspiração
nem alegrias ou agonias
nem monotonia ou ação!
o meu cerebro inerte
nem penso nem crio
nem xaveco ou flerte
nem arrepio ou calafrio!
como se houvesse morrido
sem regozijo ou sofrimento
a vaguear por aí pelo limbo
sem qualquer sentimento...
ah que gostosa saudade 
dos meus dias de poesia
quando passava toda a tarde
dando corda a fantasia!
e agora aqui estou...
sem pressa alguma de chegar
só o tempo parado não ficou...
olho para a coca 
estonteantemente gelada sobre a mesa
como se pudesse tocá-la como me toca
borbulhando uma inspiração... gigantesca!
by osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas