Flocos de Neve

 Vejam flocos de neve
Tão leve! Tão leve!
E assim o meu pensar deve
Logo imaginar...

Pois aqui nesse país
Do outro lado do Atlântico,
Há um povo tão feliz
E simplesmente romântico!
Que brinca com espuma
Tal qual flocos de neve
Que muita gente se acostuma
E espuma mesmo serve!
Fica um povo mais caliente
Mais ainda do que é,
Mil abraços ao carente
Concorrentes até de fé!
Com verdadeiro sentimento
Repartem a ceia especial
Do dia 24 de dezembro
Na virada do Natal!
E mesmo que ainda
Exista ódio, tristeza ou dor,
Essa é a data mais linda
Pintada com a cor do amor!

Aqui vemos flocos de neve
De espuma tão leve tão leve!
E assim meu pensar deve
Logo, logo imaginar!
Quer espuma, ou seja, neve...
Tudo isso nos traduz...
 Mesmo que seja breve
O nascimento de Jesus!

Osny Alves
5 comentários

Postagens mais visitadas