AMAR SEM SOFRIMENTO

Debruço meus pensamentos

Sobre todos os livros que tenho

E os guardo no esquecimento

Que ao precisar ordenho!

Dos quais geralmente leio

Em folhas antigas amareladas

Ou mesmo na tela do e-mail

Onde ali ficam guardadas!

O nosso cérebro é o arquivo

Onde depositamos velharias

Mas é ali onde eu vivo...

Planejando engenharias!

É onde eu me torno um arquiteto

No maior planejamento

Exponho tudo o que é certo

Do coração ao pensamento!

E digo a todos em poesia

Que tudo o que mais queria

Era amar sem sofrimento...

Mas já que isso é uma utopia

E a temos no esquecimento

Mais nos vale tal alegria

Que é a do beijo

Sem o menor arrependimento!

By Osny
1 comentário

Postagens mais visitadas