OLHOS VAZIOS


Olho para os seus olhos

E eu vejo um olhar vazio

Sem esperança e sem sonhos

Sem coragem e sem brio!

Eu olho bem dentro deles 

Como um verdadeiro oculista

Espanto me com eles

Pois o vejo frio e calculista.

O negror da amargura

Do seu ódio enraizado

Fraturou sua estrutura

Em um amor alcoolizado...

Enquanto o seu olhar vazio

Ao mesmo tempo cheio de nada

Preenche-lhe de um estranho cio

Que lhe excita angustiada!

Uma angústia jamais vista

Que culpa a todos que não têm sorte

Autoritária e detalhista

Que se assemelha com a morte!

Ah esses teus olhos

Escondidos por teus cabelos

Destrói os nossos sonhos

Transformando-os em pesadelos!

O seu disfarce é a amizade

Que nos envolve com sutileza

Até virar uma atrocidade

Vestida de beleza...

O teu sorriso tão macio

Esconde uma fraqueza,

Que é o teu olhar vazio

Rico em pobreza.

By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas