ADRIANA ROSA

Seqüestro minha alma no fleche

Para parar esta minha cruel dor

Ali minha imagem não se mexe

Presa eu fico distante do amor!

Mas sou assim mesmo guerreira

E eu sou completa não sou meia

Sou pura, serena e verdadeira...

E isso corre livre em minha veia!

Das cinzas eu ressurjo cada dia

E todo dia eu amanso um leão

E a vigor em minha alma irradia

Energia que me sai do coração!

Sou adenium que vence ao capim

Minha beleza contida vai expor...

Não há exemplo o que sai de mim

Mas no deserto sou a mais bela flor!

Das lagrimas eu fiz um imenso mar

E que eu navego nela desde então

Mas estas velas que alço ao amar

Estão a esmo dentro de minha solidão!

Sou a ultima das conquistadoras

Das amazonas que viviam em meu clã

Sou ainda meiga tenra e sedutora

E analiso eu mesma em meu divã!

Busco nas letras de varias poesias

O tesouro do saber que eu consegui

Mas não sou eu quem vive em utopias

Rosa eu sou... Brotei e já cresci!

Desabrocho a cada amanhecer

O que resume em um simples sorrir

E neste jardim eu vou vencer

Murchar? Nem pensar! Eu ainda não morri.

E tão pouco eu penso em tal coisa

Sou guerreira e sou conquistadora

Eu leio essa é a arma preferida de uma Rosa

E minha essência eu sei... Que é encantadora!

By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas