MADRUGADAS VAZIAS


Vejo as noites passarem em branco

E sem sono eu me sinto um vampiro...

Meu lamento por não dormir é tanto

Que não sei quantas mil vezes suspiro!

Eu passo boa parte das noites acordado

Nenhum sono se quer dentro dos olhos

Sinto me preso, solitário triste e desolado

Dormir seria o maior dos meus sonhos!

Sinto-me um zumbi a andar por toda a casa

E na varanda avisto um horizonte vazio...

Meu sono por meus olhos simplesmente vaza

Deixando-me aqui fora neste imenso frio...

Até mesmo as letras me escapam as vezes

E aqui eu fico a vagar noite adentro sozinho

Uma noite apenas me parecem alguns meses

E é nesse momento que mais quero um carinho!

Eu vivo pelo menos duas vezes mais que os outros

Sinto que é o preço que a eternidade quer de mim...

Eu mesmo olho para a vida e a ela eu dou de ombros

Pois essa eternidade me consumirá até o fim!

By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas