O ULTIMO POEMA


Acabou de descansar
Nosso estimado professor
Que gostava de ensinar
E mais ainda era compor!
Suas letras ainda vagam
Pelas ondas do amor
E os versos que nos rasgam
Como pétalas de flor!
E a natureza hoje chora
Pelo ultimo poema...
Tal qual leio esse agora
E meu ser grita que pena!
Professor gostoso como dizia
Um bom filho e um bom irmão,
Era eterno amante da poesia
E navegava na contramão!
Levantava nossa autoestima
Com tudo aquilo que escrevia
Usava a caneta como esgrima
E compunha bem como se via!
Apaga mais uma vela do conhecimento
E o mundo perde um pouco do seu brilho
Não deveria haver tal sofrimento
De uma mãe enterrar um filho!
Mas assim é a vida em seu curso
E nós delas somos seus réus
Nosso adeus tem um percurso
Que repousa nos braços de Deus.
By Osny 










Postar um comentário

Postagens mais visitadas