VELHAS FANTASIAS


Ao vê-la deitada assim de bruços
Imagine o acariciar de meus dedos
Meça o batimento dos teus pulsos
Enquanto afrouxo os teus medos!
O alivio que minhas mãos passam
E o aumento intenso da adrenalina
Faz com que velhas fantasias renasçam
Da maneira mais profana e divina!
Só por ver as tuas costas desnuda
E uma massagem repetitiva nela...
Eu passo também pela parte carnuda
Que vislumbro daqui tão bela...
As tuas coxas tão lindas e macias
Tão perfeitas e um tanto torneadas
Sinta a minha mão que lhe acaricia
Que vez ou outra lhe dá palmadas!
Enquanto eu beijo o seu pescoço
E com carinho mordo sua nuca
Nem pergunto se posso ou não posso
E você se lembra de jogadas de sinuca!
Ah minha menina vê-la assim de bruços
E roçar meu nariz e queixo em tuas costas
Enquanto com minhas mãos eu lhe fuço
Porque eu sei que realmente gostas!
Repare agora na tonalidade de nossa cor
Tom sobre tom e meu pé sobre teu pé
Feche teus olhos e o que verás será o amor
Que continua com um delicioso cafuné!
By Osny 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas