SETE DE SETEMBRO


Neste dia sete de setembro
As margens do rio Ipiranga
Queria ter estado na praia
Curtindo as meninas de tanga!
Gritar independência ou morte
Para o amor e para a solidão
E abrir alas para a minha sorte
E que há vagas em meu coração!
Só não quero é ter que pagar mico
Neste feriado prolongado
E proclamar o dia do fico
Nesta floresta de pedra e isolado!
Ver o desfile de belas mulheres
A caminharem pela areia
E na passarela ver milhares,
Divinas divas e uma sereia!
Ouviram do Ipiranga
E eu quero ouvir uma voz gentil
Ela de top less e eu de sunga
Nesta Pátria amada Brasil!
Em teu seio... Ah em teu seio!
Marque aí meu telefone
Em baixo do mamilo meu e-mail
E ao me ligar direi meu nome!


Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas