TRAÇOS DE AMOR


 Sou a lua que te segue
Enquanto caminhas pela rua
A sombra que persegue
A espuma em sua pele nua!
 Estou no brilho dos teus olhos
Que me despe com a visão
A razão de teus belos sonhos
Sou o profano da paixão!
Em tua pele sou as carícias
E de tua alma o arrepio
As imagens de malícias
Sou o quente o úmido o frio!
Sou a fonte que emana
E alivia a tua sede
O conselho da cigana
O que te amassa na parede!
Nos teus lábios a minha boca
Que te beija loucamente
Que te deixa quase louca
Ao sussurrar suavemente!
Os dedos que te afagam
E tiram de ti suspiros mil
E dos por quês que indagam
De uma maneira tão gentil!
Sabe aquele vento que te toca!
Sou a brisa que te aviso
Em sua mente eu sou a broca
Que invade o teu sorriso!
Da bainha sou a adaga
Do coldre à pistola
A cura da vida amarga
O que escreve a tua história!
Sou o antídoto no veneno
A base de sua estrutura
Sou o chocolate moreno
Da tristeza sou a cura!
Sou as paginas do livro
A calcinha que lhe cobre
No romance não te privo
E do sexo mais puro e nobre!
Sou o calor que te penetra
Enquanto comigo sonhas
Em teu ser eu sou a letra
Que escreve em tuas entranhas!
Sou a lagrima que passeia
Em teu rosto aveludado
O vinho que alegra a ceia
Sou teu homem, amante e namorado!
Da canção a melodia
O ursinho em sua cama
Sou a rima da poesia
Sou o cavalheiro e tu a dama!
O escudo que a protege
De tua alma pequena
O maestro que te rege
Da forma mais linda e serena!
No tango a sensualidade
No samba a percussão
No amor a felicidade
Na paixão a emoção!
Sou a noite que seduz
Que sua pobre alma agita
No teu sorrir eu já compus
A menina mais bonita!
Sou a seda que te veste
O teu corpo tão desnudo
Sou teu sul, o norte e o leste...
A marca em teu monte carnudo!
A cor rubra de teus olhos vermelhos
Sou a água de teu chuveiro
O pingo que desfila em teus pentelhos
Sou o cafajeste, o amante e o cavalheiro!
Sou o que te valoriza
Que lhe trata com pudor
Aquele que sensibiliza
Com os traços do amor!
O tesão que te acende
 E te faz minha mulher
Sou o cara pra quem se rende
Quando quero e não me quer!
...Enfim,
Sou eu teus pensamentos
Mais terríveis e ardis
Sou amor, sou sofrimento...
Sou o desejo que te faz feliz!
By Osny 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas