QUE SOLIDÃO


Definitivamente percebi
O quanto vale um amor...
Dentre as coisas que já vi
Nada tem maior valor!
Afagar é tão gostoso
Melhor é proporcionar
Tudo fica mais saboroso
Até muda o cheiro do ar!
Apenas quero acaricia-la
E ter alguém pra conversar
Um ser que eu possa amá-la
E cabe a ela só me amar!
Sinto falta de um ser risonho
Que de repente ainda não nasceu...
Talvez seja meu maior sonho
Por isso amá-la ainda não deu!
E se nasceu ainda não conheço
O destino não nos apresentou...
Mas sempre que posso eu esqueço
E a cortina do palco essa já fechou!
Queria eu ter alguém agora
Pra descortina-la com meus afagos
Já que meu ser um amor implora
Como choro de antigos magos!
A madrugada caminha lentamente
Acordado eu fico nessa escuridão
Tão despreparado triste e carente...
Perdido eu fico nessa solidão!
Essa dor que me apaga
Feito uma lousa suja de giz
O frio da noite é quem afaga
Este triste corpo de alma infeliz!
Preciso chegar a alguém que leia
E sinta meu lado amargurado
Pois a sina que corre em minha veia
Terá seu fim ao estar ao meu lado!
By Osny 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas