CARNAVAL 2013


As penas, plumas e paetês...
Que oculta parte da nudez
Do negro cantando alto
E sambando lá no asfalto
Como agora tu o vês!
Cobertos de fantasias
Sincronismo de alegrias
Canta seu samba enredo
Sem vergonha e sem medo
Na maior das anarquias!
Festa da carne carnaval
Percussão sangue real
Tem batuque e pluralismo
Tem drama e romantismo
Política sentimental!
É um ano preparando
Compondo e planejando
Herói vai para o sacrifício
Pois batucar é sim difícil 
Em minutos tudo se acabando!
De cima visto são mil cores
De paixão e de amores
Tem rei momo e abre alas
Puxador e mestre sala
Desfila em campo de flores!
Concurso de alegoria
Que canta em tamanha alegria
Até ganhar uma rouquidão
Que é melhor que a solidão
Em noite quente de cama fria!
Ah que o canto que te encanta
De certo modo até espanta
Os caras do lápis e do giz
Que apontam um juiz
Que escolheu o melhor samba!
Pula e dança oh negrada
Que essa folia não foi negada
Já não há alforria ou escravidão
Pois o Brasil lhe dá a mão
A mesma que te deu a chicotada!
E ainda machuca os infelizes
De preconceito até as raízes
Mas é mês de fevereiro
Carnaval já nasceu festeiro
E deixam todos mais felizes!
Bebem e sambam até caírem
E os foliões a decidirem
Quando é que isso acaba
E assim já se falava
Todos que estão a sorrirem!
Tem mulheres e tem nudez
Como hoje então tu vês
E a mídia dá um close
Já contei são mais de doze
Peças de um belo xadrez.
By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas