SOZINHO




Mais uma vez acordei sozinho
Sei também ser minha opção
De um afago, de um carinho!
Essa falta destrói meu coração...
 Mas quero alguém que eu ame
Que eu me entregue até a alma
E diga é essa! E eu não me engane
Paz eu receba e lhe passe calma!
Mesmo com o sol que brilha lá fora
Eu acordei hoje um tanto triste
Bem ao fundo minha alma chora
Mas dor maior eu sei que existe!
A morte ontem me sorriu aos olhos
Na autoestrada, na rodovia...
 Passou todos os meus sonhos
E senti minha essência tão vazia!
Por duas vezes quase eu morri
Numa estrada que eu sei de cor...
Foi aí que eu mais corri
Para o além do nada o que é pior!
E nesta manha eu acordei...
Com o coração limpo e disponível
Pois tudo aqui eu já limpei
E a arrumação me deixou sensível!
Hoje eu saí e fui passear
Bem mais triste fiquei ainda!
A cada esquina um par a namorar
De uma maneira amorosa e linda!
E eu a contemplar aqui tão só
Sob as arvores neste parque, belo jardim...
Comecei a sentir pena e dó
Não dos casais, mas foi de mim.

By Osny



 .
  
1 comentário

Postagens mais visitadas