Quando Surgem os Problemas



De repente hoje eu acordei
E percebi que estava morto
Eu não sei se eu só sonhei
Nem com isso me conforto!
Eu vi as flores em meu caixão
Do madeiramento mais barato
E não sentir meus pés no chão
Desmortificou me então de fato!
Tentei pular dali correndo
Mas nenhum musculo mexeu
Se não morto estou morrendo
Ou é isso para quem morreu!
Eu percebi então a sala vazia
Sem uma viva alma ao meu redor
Outro problema comigo jazia
O qual deixava-me com mais pavor!
Quando surgem grandes problemas
Ninguém vela o teu corpo ou o meu
Quem me velava eram os poemas
Que ali diziam que alguém morreu!
Acordei com um pulo na cama
E assombrado fui escrever
Que tais problemas fazem tal drama
Que infelizmente é quase morrer...

Osny Alves
Postar um comentário

Postagens mais visitadas