BELEZA INTERIOR


Só deu imaginar
Teu osso parietal
Protegido pelo capilar
E a protuberância occipital...
Quando massageio tua áxis
E o teu disco invertebral
Eu sinto o seu cóccix
De tua coluna vertebral!
Coloco na boca tuas falanges
Proximal, intermediária e distal...
E me arrepio quando ranges
O teu epicôndilo medial!
Não sou melhor e nem pior
Mas ao olhar uma mulher, que vista!
Não sou chegado em beleza interior
Quem gosta disso é legista!
Deito sobre tua pelve falsa
E sinto cada ligamento teu...
E ao tirar a tua calça...
Grito... Um esqueleto! Meu Deus!
By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas