AH SENHORITA!



Eu a vejo em minha frente aflita
Ansiosa e linda como ninguém
Meu coração ao seu lado agita
Ao ver seu sorriso meu bem!
Sua boca tão tenra e macia
E um delicioso sabor de gloss...
Minhas mãos o seu corpo acaricia
Enquanto ouço o ecoar de sua voz!
Sua boca toca na minha...
Rosto de lado de olhos fechados
É a inspiração que o desejo já tinha
Em novembro gélido e ventos pirados!
Ansiei encontrar uma pepita
Onde não há quem encontre algo...
Aí achei você linda e jovem senhorita!
Que na bela vida atua como num palco.

By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas