SIMONE

Um olhar tenro e gentil
Que ao horizonte se espalha
Saudades do nosso Brasil
Mas com outro pé na Itália!
Onde está o sorriso atraente?
Aquele lindo e espontâneo!
O que mostra quando vê a gente
Mesmo que saiba ser momentâneo!
Teu rosto aveludado
Com seu olhar meigo e sublime
E o rostinho meio de lado
Que só um carinho suprime
Sabe aquele ar de solidão
Que vez ou outra tu sentes?
É o chamar do coração
Que oculta o brilho dos teus dentes
Então querida pense em nós
Que guardamos aqui grande amor
E ao ouvir a nossa voz
Sinta tocada, afagada com nosso calor!
Um olhar perdido ao longe
O que será que vês?
Ouça o teu ser, o teu hoje...
E creia naquilo que lês!
Com carinho...
Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas