O Poeta


Sou o poeta a compor os seus gemidos
Com mãos firmes repletas de pegada,
Sou o cara que declama em teus ouvidos
E em todo o tempo a faz sentir-se amada!
Aquele que engata estrofe atrás de estrofe
E o que a faz uma poesia apaixonada...
Suspiros sei que serão bem mais que nove
E como eu nunca vira nessa estrada!
Eu escrevo anatomia em braile
E em seu corpo todinho eu componho,
Na cama proporciono um grande baile
E ao amanhecer pensará que foi um sonho!
E irá sentir-se uma poesia viva
Com declames por todo o seu corpinho,
Sua rima estará sempre ativa
Cheia de afeto, dengo e carinho!
Sou um poeta os seus gemidos a compor
Repletas de pegadas e firmes de mãos,
Que cria um poema vivo de amor
E transforma em sim todos os seus nãos!
E até aquela carência interminável
Que aflora e emana de teu ser,
Eu escrevo de uma maneira tão saudável
Que o seu jardim começa a florescer!
E minha pena a escrever pelo teu corpo
Escrevo lindo de maneira sedutora
Sua tez se arrepia pouco a pouco
E ao final diz que você é a minha autora!
Osny Alves


Postar um comentário

Postagens mais visitadas