SABRINA


Ah! Esse amor puro e declarado
Livre, divino e tão correspondido...
Lindo quando vem do namorado
Divino ainda quando do marido!
Os olhos dela ficam vermelhos...
Por ver tamanha submissão!
Ao vê-lo então de joelhos...
E com leveza beijar-lhe a mão!
Ele como um anjo que divino
Ela como a rainha das flores
Ao lado dela ele é um menino
Encantado por seus amores!
E o que realça esta beleza...
É o sol, o cais, o mar ao fundo!
Um príncipe ungido pela realeza
Promete seu coração, o mundo!
Ah! Que preciosidade divina
Do botão desabrochando em flor
Que empolgado compus: Sabrina!
Deusa do verde, da natureza e do amor!


By Osny
Postar um comentário

Postagens mais visitadas