CARA METADE

Outro dia me indagastes
O que afinal pra ti eu sou
Vês a peça onde o engate
Com jeitinho ali travou?
Sou a sua cara metade
És a terra eu sou o mar,
Sua banda de abacate
Tu és a rosa eu sou o ar!
Sou a brisa mais sublime
Prontamente a te tocar
A canção daquele filme
Que você gosta de sonhar.
Sou o desejo proibido
Que tu tens dentro de ti
Sou o beijo concebido
O assovio do bem-te-vi.
Sou a roupa que tu vestes
O coração preso em teu ser
Mãos que teu corpo despem
O canto do galo no alvorecer!
Sou o anjo que te acompanha
Em todos os teus caminhos
E a razão de que mais sonhas
Sou a mão dos teus carinhos.
Eis tua pergunta respondida
O que mais queres saber?
Mesmo vivendo tua vida
Nunca deixei de te dar prazer.
Osny Alves
Postar um comentário

Postagens mais visitadas