BIANCA






Ah
Menina!
De pele bege
Quase marrom...
De voz sensual e divina
Cor do nosso Brasil feito bombom!
Que eu miro
Neste poema
 Minha seta
Não prefiro
Nem morena
Sou poeta!
O não querer
O já amado
Por um outro
Tal professor
Importa-nos
É Vê-la sorrir
Para o amor!

By Osa

Postar um comentário

Postagens mais visitadas